A Regra dos Terços (além da fotografia)

Rating: 5.00 based on 1 Rating
Caio Carvalho
  Por Caio Carvalho
A Regra dos Terços (além da fotografia) www.lightroombrasil.com.br

Para entender a Regra dos Terços, presente na ferramenta Crop (Cortar) e acionada pela tecla R no Lightroom, precisaremos navegar em outros assuntos proveitosos. Aguardo suas dúvidas, críticas e sugestões! 😀

Esta regrinha, tão utilizada na fotografia, é derivada de uma proporção conhecida como Proporção Áurea, Proporção de Ouro, Número Áureo e outros semelhantes. Esta proporção é utilizada desde a antiguidade na arte (principalmente por pintores renascentistas).

O número que descreve a razão áurea é o 1,61803399 (arredondado para 1,618) denotado pela letra grega ?. Este é um valor matemático extraído das sequências de Fibonacci, que, em homenagem ao escultor Phidias (Fidías), é chamado simplesmente de Phi (não confunda com Pi).
Uma sequência Fibonacci é alcançada (grosseiramente) pela soma de um número com o seu anterior, que formará o próximo valor da sequência:

1
1+1 = 2 (o anterior de 1 é 1)
2+1 = 3 (o anterior de 2 é 1)
3+2 = 5 (o anterior de 3 é 2)
5+3 = 8
8+5 = 13
13+8 = 21

Assim temos uma das sequências Fibonacci 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21… 6765, 10946 Se você dividir um número da sequência pelo anterior terá um valor cada vez mais próximo de 1,618 – isto ocorre a medida que subimos (em direção aos valores maiores) na sequência, ou seja, quanto mais alto mais próximo de Phi. Divida 21 por 13 e veja quanto dá (chega perto), divida 10946 por 6765 e veja o resultado e assim por diante!

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Bromelia.png

A grande beleza no Phi e o motivo que o fez ser explorado por artistas, arquitetos, pintores e músicos é o fato de podermos encontra-lo no corpo humano, na natureza e no universo.

Alguns o chamam de Número de Deus… o Phi surge no DNA, nos átomos, nas vibrações sonoras, no crescimento de plantas (proporção que diminuem as folhas em relação a altura), nas ondas dos oceanos, espirais de galáxias, reprodução de coelhos, populações de abelhas (razão entre números de machos e fêmeas), altura do corpo humano em relação a altura do umbigo até o chão, a medida do ombro até a ponta do dedo e a medida do cotovelo até a ponta do dedo… Daria para correr o infinito descrevendo exemplos.

Homem do Vitrúvio ou Homem Vitruviano, de Leonardo DaVinci , é um dos exemplos mais famosos do uso da Proporção Áurea – parece que somos uma proporção ambulante.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Da_Vinci_Vitruve_Luc_Viatour.jpg

A Ilíada (de Homero) e Os Lusíadas (por Luiz de Camões) também são bons exemplos para o uso de Phi! Eheehheheh… até a proporção entre a largura e a altura de um cartão de crédito!!!

Mas e na fotografia???

Abaixo está a divisão do enquadramento fotográfico 3×2, segundo a Proporção Áurea.

Em princípio, dentro deste retângulo (acima) as linhas descrevem a natureza da percepção humana para as ?linhas de interesse?, então, posicionar o assunto fotografado próximo dessas linhas pode tornar a composição mais ?atraente? para o observador.

Temos também os pontos áureos, que são as regiões situadas sobre as interseções das linhas. Justo onde se cruzam é onde esperamos ?inconscientemente? encontrar elementos ?fortes?, ou melhor, de destaque na composição (enquadramento).

Para a fotografia houve uma adaptação da regra. Note que não é necessário, muito menos obrigatório, pousar um elemento exatamente sobre uma linha ou ponto áureo. Somente a aproximação já é suficiente para ?solucionar? a questão, então temos a variação aceita, conhecida como Regra dos terços.

O enquadramento acima está no formato paisagem (lado maior é o horizontal) e a proporção do retângulo é de 3×2 (a maioria das câmeras digitais usam estas proporções). Se você medir o comprimento do lado maior, dividir em três partes iguais e descartar uma delas terá o lado menor.

Fotografia tirada na casa dos meus pais!

Fotografia tirada num fim de tarde na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro!

O que as duas fotografias acima tem em comum? A ?Regra? dos Terços!!! O assunto está posicionado segundo uma ou mais linhas da regra!!!

Imagine que temos uma fotografia em papel de 30cm x 20cm então, se dividirmos o lado maior em três partes iguais teremos 10cm em cada uma. Se considerarmos apenas duas dessas partes teremos um lado menor de 20cm, logo a proporção 3×2 (duas das três partes do lado maior correspondem ao lado menor do enquadramento). O mesmo vale para vários tamanhos comuns de impressão… o famoso 10×15 é outro exemplo!!!

Lightroom e as proporções

No módulo Develop (Revelação), acionado pela tecla D, temos a ferramenta Crop (Corte), que pode ser acionada diretamente do módulo Library (Biblioteca) pela tecla R.

Acionar a ferramenta Crop faz com que a sobreposição da Regra dos Terços apareça virtualmente para auxiliar no corte do enquadramento. Particularmente eu procuro evitar usar o Crop, mas é muito conveniente visualizar a distribuição dos elementos dentro da fotografia, bem como reposicionar por corte de giro ou aparo de ?sobras?.

Alguns usuários do Lightroom não nunca usaram ou não conhecem, mas a tecla O (letra Ó) aciona o ciclo de adaptações para a Regra dos Terços e para a Proporção Áurea. Experimente, logo verá que as sobreposições serão alteradas para outras, sendo:

Terços

Áurea

Grade

Triângulos

Espirais

Para as sobreposições Triângulos e Espirais há outro recurso. Acione a combinação de teclas SHIFT O para rotacionar as mesmas, sendo que Triângulos apresenta somente duas posições possíveis, enquanto que Espirais permitem oito variações.
Triângulos e Espiriais também apresentam seus pontos e linhas de distribuição e interesse. Recomendo fortemente que as memorize e utilize quando sair para fotografar.

Quem estuda principalmente retratos sabe o quanto fotografias de famílias (por exemplo) exigem bons posicionamentos de cabeça, ombros, mãos e etc. Nesse tipo de fotografia as linhas diagonais e formas geométricas fazem uma diferença interessante.
Veja mais uma do amigo aqui… Uma aproximação equilibrada e bem distribuída do assunto em relação ao quadro usando a variação dos triângulos!

Avançando ainda mais… Experimente fotografar com as regras sobrepostas. Isto não pode ser visualizado no Lightroom, mas pode ser uma opção para guardar no coração! Aí vai uma sobreposição de espirais e áurea.

Rating: 5.00 based on 1 Rating
As duas guias a seguir alteram o conteúdo abaixo.
Caio Carvalho

Caio Carvalho

Apaixonado por arte, tecnologia e pela natureza, Caio encontrou na fotografia e vídeo uma forma de se expressar e nunca mais parou. Editor de fotos, fotógrafo e videomaker há quase 10 anos. @caiocarvalhofoto

Comentários (0)

Ainda não há comentários.

Inscreva-me para um resumo semanal dos melhores artigos publicados no blog

Seu e-mail está seguro com a gente. Promessa