O que é o Moiré e como evitá-lo.

Rating: 5.00 based on 1 Rating
Izabel Sanches
setembro 3, 2018 Por Izabel Sanches
O que é o Moiré e como evitá-lo. www.lightroombrasil.com.br

O padrão de moiré ocorre quando uma cena ou um objeto que está sendo fotografado contém detalhes repetitivos (como linhas, pontos, etc.) que excedem a resolução do sensor. Como resultado, a câmera produz um padrão ondulado de aparência estranha, como visto abaixo:

Veja como é perceptível o padrão moiré no vestido? Moiré quase nunca é visto na natureza, mas é muito comum em objetos do cotidiano e itens ao nosso redor – você pode ver em todos os tipos de tecidos, cabelos lisos, arquitetura, etc. Você pode até ter visto em sua televisão. Na fotografia, o moiré acontece principalmente devido ao modo como a luz atinge o sensor e como o sensor interpreta a luz através do filtro de interpolação.

Embora existam métodos para reduzir efetivamente o moiré, não há uma maneira fácil de removê-lo completamente no software de pós-processamento. O Lightroom 4 foi lançado com uma ferramenta de redução de moiré e a Nikon também lançará sua próxima versão do Capture NX com a funcionalidade integrada de redução de moiré, mas nenhum deles poderá se livrar totalmente das piores ocorrências de padrões moiré.

Há alguns truques que podem ser usados para evitar esses efeitos indesejáveis. Para começar, é necessário aumentar a resolução das imagens, usando o máximo possível de megapixels na câmera. Quanto maior a resolução, menores são as chances de que o efeito ocorra.

Dependendo da foto que você pretende tirar, também é possível usar o zoom da câmera. Isso fará com que as linhas do padrão a ser fotografado fiquem maiores, evitando que a máquina se “confunda”.

Existe outra forma de evitar essas “ondas”, mas ela não é muito prática: usar câmeras analógicas, com filme. Apesar de divertido, esse é um hobby que pode sair caro, já que a revelação de muitas fotos é um pouco custosa hoje em dia.

O Moiré pode ser muito doloroso de lidar no pós-processamento, então é melhor evitá-lo em primeiro lugar. Abaixo, você encontrará uma lista de etapas que você pode tomar para evitar o efeito moiré ao fotografar padrões de linhas, pontos e etc.

Analise padrões em suas imagens no LCD da sua câmera com 100% de exibição – observar suas imagens no LCD da câmera com 100% de exibição pode ser muito ineficiente e demorado, se você está gravando qualquer coisa com padrões de repetição, você precisa saber se há moiré em suas imagens ou não. Olhando para a miniatura no LCD pode não revelar moiré, então você terá que ampliar para vê-lo. Muito forte / desagradável o moiré pode ser visível, mesmo com 50% de visão ou menos, enquanto você só vai detectar leve moiré a 100% de nível de pixel. Se você ver moiré e quiser evitá-lo, vá para a etapa 2 abaixo.

Dica útil rápida de configuração: se possuir uma DSLR Nikon avançada como a Nikon D300s ou superior, pode definir o botão central do multisselector na parte de trás da câmara para mostrar instantaneamente uma visualização de 100% sem ter de clicar o botão de zoom várias vezes. Você tem que habilitar este recurso aqui: Menu de Configurações Personalizadas-> Controles-> Botão central do multisseletor-> Modo de reprodução-> Zoom ligado / desligado-> Ampliação alta. Uma vez definido, você será capaz de ampliar suas imagens em 100%, simplesmente pressionando este botão no modo de reprodução. 

Mude a distância da câmera para o tema ou ajuste a distância focal – se o efeito moiré for visível na sua imagem, a melhor coisa a fazer é alterar a distância até o assunto. Você pode se aproximar fisicamente ou se afastar do assunto ou pode ampliar / reduzir a lente. Lembre-se, moiré só acontece quando o padrão que você está fotografando excede a resolução do sensor, então tudo que você precisa fazer é mover para uma distância mais segura. Às vezes isso significa se afastar a poucos centímetros do assunto.

Ajuste o foco para uma área diferente – embora isso nem sempre seja prático, o ajuste do foco um pouco para longe dos padrões removerá efetivamente o efeito moiré.

Altere o ângulo da câmera – basta alterar o ângulo da câmera para eliminar completamente os padrões de moiré que estão muito fortes.

Pare a lente no diafragma / 11-f / 16-f – quando as lentes estão fixadas além de certa abertura (dependendo da lente e do tamanho do sensor), um fenômeno óptico conhecido como “difração” entra em ação. A difração reduz efetivamente a resolução, que também elimina moiré. Embora eu pessoalmente evite fazer isso, se você não puder alterar o assunto para uma distância maior da câmera ou ajustar a distância focal por qualquer motivo, essa técnica certamente funcionará.

Se você não fez nenhum dos itens acima e acabou com uma imagem que tem moiré visível, então sua única opção é tentar corrigi-lo no pós-processamento. Aproveite a nossa coleção completa de workflows para cuidar da parte de pós processamento em apenas alguns cliques.

Deformação também é arte

Nem todo artista está preocupado em evitar as deformações do Padrão Moiré em suas obras. Se para a fotografia essa interferência é indesejável, ela pode ser muito bem usada por pintores. É o caso, por exemplo, da tela abaixo, produzida pelo artista britânico Pip Dickens. Que tal uma dessas na parede da sua sala?

Rating: 0 based on 0 Ratings

As duas guias a seguir alteram o conteúdo abaixo.
Izabel Sanches

Izabel Sanches

Fotógrafa por amor, empreendedora, estudante incansável das artes e marketing digital. Sempre em busca de conhecimento e de preencher a alma com o que preenche a vida!

Comentários (0)

Ainda não há comentários.

Inscreva-me para um resumo semanal dos melhores artigos publicados no blog

Seu e-mail está seguro com a gente. Promessa