Mirrorless Vs DSLR – Mirrorless é o futuro?

Rating: 0 based on 0 Ratings
Izabel Sanches
  Por Izabel Sanches
Mirrorless Vs DSLR – Mirrorless é o futuro? www.lightroombrasil.com.br

Quem pretende levar fotografia a sério precisa escolher uma câmera de melhor qualidade e, hoje, essa escolha significa optar entre um modelo DSLR ou mirrorless. Para saber qual é a melhor opção para o seu perfil de uso é muito importante conhecer as características típicas desses dois tipos de câmera.

Saiba como aproveitar a luz natural em fotografias

A seguir, confira detalhes sobre as câmeras DSLR e as mirrorless e veja os pontos fortes e fracos de cada aparelho. Vale lembrar que para comparar as duas tecnologias parte-se do princípio de câmeras profissionais para equiparar a análise, já que embora existam mirrorless amadoras e mais simples, não existem DSLRs nesse patamar.

Câmera DSLR

DSLR é uma sigla para ?Digital Single Lens Reflex? e se refere a um design de câmeras profissionais que usam um conjunto de espelho e prisma para refletir a imagem que você está prestes a capturar para o visor. Esse tipo de câmera se divide em dois grupos, as DSLR normais, que contam com uma série de câmeras profissionais e semi; e as Full Frame, que possuem sensores maiores e de maior qualidade. 

Com o tempo, o termo DSLR acabou virando referência de câmera fotográfica profissional e de alta qualidade, o que não é necessariamente o caso: não é porque a câmera é DSLR que ela tem alta qualidade, mas sim porque possui um sensor de melhor desempenho, controle fino e preciso sobre todas as características da câmera, além do suporte ao uso de lentes especiais.

Em termos de preço, as DSLR tendem a perder a disputa. O motivo é simples: o tal conjunto ótico com espelho e prisma requer material de alta qualidade e um processo de manufatura de extrema precisão. Esses dois fatores encarecem a fabricação e tendem a fazer com que as DSLR sejam mais caras. Entretanto, vale destacar, os preços de câmeras mirrorless profissionais tende a bater perto das DSLR.

Exemplos de boas câmeras DSLR são a Canon 7D, Canon 5D, Canon Rebel, Nikon D300, Nikon D90 e Sony Alpha DSLR.

Vídeo e bateria

As DSLR não são tão boas para vídeo como as mirrorless porque seu design com conjunto de espelho e prisma acaba afetando a forma pela qual o sensor opera na hora de capturar vídeo, gerando resultados não tão bons quanto o outro padrão. A bateria, contudo, é um ponto forte: maiores nas DSLR, elas também se beneficiam da operação mais analógica, que economiza carga.

Câmera Mirrorless

?Mirrorless?, em inglês, significa ?sem espelho?. Quando abordamos as características da DSLR, vimos que elas se distinguem por oferecer um conjunto de espelhos e prismas que levam a imagem daquilo que se pretende fotografar ao visor. A máquina do tipo mirrorless, portanto, não conta com esse tipo de conjunto ótico, funcionando com um design em que a imagem capturada pela lente viaja diretamente para o sensor, que realiza a captura. Como não precisam dos espelhos e prismas, essas câmeras são bem menores e mais leves que as DSLR, embora sua qualidade seja alta ? dependendo, é claro, do modelo. 

Como vimos a respeito das DSLR, o ponto forte dessas câmeras não é necessariamente o fato do visor e do conjunto ótico com espelho e prisma, mas o fato de que elas contam com sensores de alta qualidade e permitem ajustes bastante precisos de foco, zoom, ISO, abertura e etc.

Todas essas características estão disponíveis também nas mirrorless, tornando a escolha entre um tipo e outro de câmera um exercício de preferência: câmeras com visor ótico, maiores e mais pesadas de um lado contra as mirrorless, com seus visores completamente eletrônicos, mais leves e menores do outro.

Algumas mirrorless de qualidade, e bem conhecidas no mercado, são a Sony Alpha Mirrorless, Panasonic Lumix Mirrorless, FujiFilm X-T1 e Olympus OM-D E-M10 II.

Vídeo e bateria

As mirrorless costumam gravar vídeos de melhor qualidade porque permitem captura mais precisa, sem que o método de foco automático da câmera seja prejudicado pelo conjunto de espelhos, presentes nas DSLR. Em relação a autonomia, as mirrorless costumam usar baterias pequenas e, dado o visor LCD, é comum que gastem muito mais energia do que as DSLR.

Qual das duas escolher?

A escolha entre DSLR e mirrorless tem de levar em conta fatores diversos. Há quem prefira as DSLR, por exemplo, porque se acostumou com a empunhadura da câmera, mais pesada e grande na mão. Além disso, muitos possuem um arsenal de lentes compatíveis com uma câmera desse tipo, junto com uma quantidade grande de acessórios para esse modelo.

Outra questão importante no trabalho com as DSLR é o uso visor, e não da tela LCD, para tirar uma foto ? algo impossível nas mirrorless que só possuem visor LCD.

Os pontos fortes das mirrorless estão centrados, principalmente, em dois aspectos: são mais leves e menores (além, claro, das questões referentes ao tipo de visor, já mencionadas).

Nesse sentido, na hora de comprar uma das opções, vale considerar o tipo de uso e o perfil que você tem como usuário: se peso e tamanho incomodam, a mirrorless sai na frente. Por outro lado, se você desconfia do visor completamente eletrônico das mirrorless, a DSLR é a melhor opção por contar com um conjunto ótico para refletir a imagem para você. É, em certo sentido, um duelo do analógico contra o digital.

Rating: 0 based on 0 Ratings
As duas guias a seguir alteram o conteúdo abaixo.
Izabel Sanches

Izabel Sanches

Fotógrafa por amor, empreendedora, estudante incansável das artes e marketing digital. Sempre em busca de conhecimento e de preencher a alma com o que preenche a vida!

Comentários (0)

Ainda não há comentários.

Inscreva-me para um resumo semanal dos melhores artigos publicados no blog

Seu e-mail está seguro com a gente. Promessa