Dicas para técnica de pintura com luz (Light Painting)

Rating: 5.00 based on 1 Rating
Caio Carvalho
  Por Caio Carvalho
Dicas para técnica de pintura com luz (Light Painting) www.lightroombrasil.com.br

Oi pessoal tudo bem? Bom primeiro para dar essas dicas vamos nos certificar de que todos saibam fazer essa técnica. Light-Painting como diz o nome, se resume a uma pintura ou desenho feito com um ponto de luz enquanto a sua câmera capta esse momento. A primeira coisa que você deve se certificar para fazer esse tipo de fotografia é de que você tenha os seguintes equipamentos:

– Um bom tripé (pode não ser 100% necessário dependendo do local que você estiver, ou seja, caso a câmera tenha um apoio fixo para ficar).

– Um flash

– Um ponto de luz, pode ser um celular, uma lanterna, um ipad com uma imagem colorida na tela. Nessa parte vai entrar a sua criatividade e aproveite para fazer infinitos testes se você tiver diversas fontes de luz para usar. Muita gente usa aqueles bastões que brilham (glowsticks) para fazer lindas fotos e vídeos com a técnica de Lightpainting.

– E é claro uma câmera que você tenha controle do obturador e da sua velocidade.


Para fazer a técnica, teoricamente é bem fácil. Basta você deixar a sua câmera com a exposição bem longa, não esqueça de deixar com uma abertura alta como F 12 ou superior, já que seu obturador vai ficar aberto bastante tempo e isso pode fazer com que a foto saia clara demais, principalmente se a sua composição for num local que não está muito escuro, e essa é outra dica, o Light painting vai ficar mais fácil se for feito num local totalmente escuro.

Agora coloque a câmera no tripé e prepare a sua composição, ponha o obturador em modo BULB para que você aperte uma vez para abri-lo e ele feche só quando você clicar no disparador novamente, dando tempo para você fazer toda a sua obra na imagem.

Clique agora para abrir o obturador, pegue a sua fonte de luz e comece a pintar imaginando que onde você passar esse ponto de luz terá um desenho iluminado na foto dando o efeito que queremos. Lembre-se de usar uma roupa bem escura, pode ajudar a não sair traços de quem está pintando a imagem, caso você queira fotografar alguém na imagem insira um flash em modo Rear no final da exposição, isso fará com que o modelo fique congelado na imagem sem rastros ou vultos por causa da longa exposição.

Use e abuse da sua criatividade e aqui vão mais algumas dicas para você que está começando a fazer esse tipo de arte:

– Não tente pintar tudo com a mesma luz. Seria como um pintor de um pincel só. Você também não deve fazer isso, a proposta do Light Painting é criar luzes diferentes e únicas em cada parte diferente da paisagem.

– Escolha uma lanterna regulável com um feixe ajustável para melhores resultados. Muitas lanternas têm vigas ajustáveis, como a Mag-light, mas poucas lanternas podem ser reguladas de modo que você possa usar apenas a quantidade certa de luz em cada parte da foto.

– Tenha cuidado com o ruído. Pintar com calma a sua imagem é conveniente, mas exposições longas demais também criam mais ruído, pense nisso.

– Você vai precisar de fazer mais de uma foto. Na verdade, algumas pinturas de luz, alguns trabalhos requerem dezenas de fotos feitas no mesmo local de modo que cada parte da foto possa ser tratada separadamente.

– Escolha uma lanterna que não tenha um hot spot. Se você mover a lanterna ao redor o suficiente, não vai fazer diferença se a lanterna tem um círculo brilhante no meio da viga, mas para fazer pequenos detalhes finos na cena, você vai querer uma sem um hot spot. Uma opção barata para remover o ponto quente é uma fita de papel de cera ou lenço de papel sobre a lente lanterna.

– Só porque você está fazendo light painting não significa que você deve esquecer todas as suas técnicas típicas de fotografia noturna. Lembre-se de usar a redução de ruído longa exposição, um cabo disparador para não tremer a câmera na hora do clique, e outras dicas que demos no outro tutorial sobre fotografia em casas noturnas.

– Certifique-se de misturar a luz ambiente para fazer o aspecto da foto mais natural. Por exemplo, inclua a lua, luzes de rua, etc. Isso acrescenta muito para o clima de uma foto noturna.

Bom pessoal agora é só por a criatividade em prática e partir para o campo. Cuidado para não se empolgar muito e acabar caindo no brega como muitas pessoas fazem com o a técnica de cor seletiva, faça algo diferente do que todos já fizeram e se destaque no meio.

Espero que todos tenham gostado e não esqueçam de curtir e compartilhar com os amigos se tiverem gostado!

Rating: 5.00 based on 1 Rating
As duas guias a seguir alteram o conteúdo abaixo.
Caio Carvalho

Caio Carvalho

Apaixonado por arte, tecnologia e pela natureza, Caio encontrou na fotografia e vídeo uma forma de se expressar e nunca mais parou. Editor de fotos, fotógrafo e videomaker há quase 10 anos.

Comentários (0)

Ainda não há comentários.

Inscreva-me para um resumo semanal dos melhores artigos publicados no blog

Seu e-mail está seguro com a gente. Promessa