Dicas para fotografia de bandas e artistas – Parte 2

Rating: 0 based on 0 Ratings
Caio Carvalho
  Por Caio Carvalho
Dicas para fotografia de bandas e artistas – Parte 2 www.lightroombrasil.com.br

Olá pessoal, vamos sem delongas continuar com a segunda parte do nosso passo a passo. Para quem não leu a primeira parte basta clicar nesse link.

Como a iluminação afeta a pose?

A iluminação que você está usando vai fazer a diferença em como você posa a banda. Se você está fotografando ao ar livre e está à mercê de iluminação natural (mas não tem um refletor), você precisará ajustar as posições de cabeça, mão, braço e perna, a fim de fazer o melhor com as condições que você está trabalhando.

Por exemplo, se você vai fotografar ao meio-dia, mantenha as queixos para cima para evitar sombras indesejáveis no pescoço. Da mesma forma, certifique-se de que as mãos não estão escondidas nas sombras para que elas não apareçam muito escuras.

E quando todos sào vocalistas? Acima a banda de Rap – Wu Tang Clan

Se você está no estúdio com uma luz mais controlada, isso torna-se um pouco mais fácil – supondo que você tenha luzes suficientes! Trabalhe com o que você tem, e encontre maneiras criativas para colocar os músicos, a fim de iluminá-los da maneira mais lisonjeira. Se você não tem unidades de iluminação suficiente para capturar certas poses, evite-as completamente (a menos que você seja um gênio no pós-processamento!).

(Pssst: refletores são o seu melhor amigo! Tanto no interior como no exterior. Em situações ao ar livre, estes ajudam a controlar a luz. Em situações internas, se você não tem bastante orçamento para luzes adicionais do estúdio, você pode usar refletores para aproveitar melhor a luz e para ajudá-la a expandir melhor. Os refletores são soluções orçamento-amigáveis, e podem ser feitos em casa se você for um pouco engenhoso).

A hierarquia em uma banda é uma coisa real?

Com algumas bandas, é definitivamente! Geralmente, você quer o vocalista ou a vocalista como o centro da atenção com os outros membros ao redor. Algumas bandas têm mais de um vocalista, e muitas vezes os vocalistas tendem a ser as figuras centrais (não confunda isso com importância. Todos os membros são importantes. Uma banda não funciona sem todos os seus talentos contribuintes). Guitarristas e baixistas tendem a encontrar-se ao lado dos cantores naturalmente, e outros instrumentos, como percussão e teclados um pouco mais longe para os lados.

Nem sempre o vocalista está no meio, nessa foto o famoso vocalista do Rage Agaisnt The Machine está a esquerda dos outros integrantes.

A maioria das bandas que entram no estúdio são artistas que têm experiência em tocar num palco juntos. Como tal, a primeira coisa que eu faço é pedir para se organizarem no meu estúdio da mesma maneira que eles iriam se organizar no palco. Eu uso isso como a base de onde eu poso todos na programação.

Trabalhando com um músico solo

Posar um músico solo abre uma porta enorme de possibilidades. Pouco está fora do seu controle aqui. No entanto, lembre-se, porque você está fotografando apenas uma pessoa, tente dar a o máximo de vida para a imagem quanto possível. As imagens são estáticas; Temos que fazê-las se mover. Quanto mais dinâmica a pose, melhor, e o benefício da fotografia de artistas é que você pode ser super peculiar com ela!

7

Lembre-se que as regras de poses tradicionais também se aplicam aqui. Tente evitar sombras duras em partes do rosto ou corpo que possam fazer alguém parecer diferente do que são.

Mexer com adereços também é legal. Os apoios são grandes maneiras de dar a um cliente algo a fazer com seus pés. Eles também podem fazer um cliente que esteja desconfortável ou nervoso ficar  mais tranquilo durante a sessão. Não assuma que porque um cliente é um músico que eles amam ser fotografados – na maioria, é exatamente ao contrário. É o seu trabalho dar-lhes a melhor experiência possível e fazê-los adorar estar na frente da câmera com você. Isso trará novos clientes e deixará os atuais muito satisfeitos.

Você pode fotografar com uma velocidade de obturador alta e pedir para o músico se mover constantemente mudando de pose, incentivando até mesmo a mais estranha das idéias para isso. As vezes, o mais estranho fica mais natural do que aquela pose estática e forçada. Além disso, fazer com que o cliente se mova continuamente os impede de pausar e pensar demais.

… com instrumentos

Inclui o instrumento é um pedido comum de músicos, especialmente artistas solo. Com artistas solo, é fácil posicioná-los com seus instrumentos pois com uma banda é mais complicado pelo fato do espaço nem sempre caber os instrumentos de um jeito interessante.

A chave com instrumentos, no entanto, é garantir que o instrumento não cubra partes importantes do corpo do músico, como o seu rosto! O instrumento deve estar organicamente inserido e não parecer forçado ou desconfortável. Cuidado com os fios e com os equipamentos desligados para não parecer algo irreal.

Tente pedir para ele tocar o instrumento e esse momento poderá render todas as fotos que você precisa sem nenhum esforço extra.

Representando um número ímpar de pessoas

Posar um número ímpar de pessoas em uma banda é indiscutivelmente o mais fácil (fora de um músico solo). Isso é porque você pode aderir a muitos dos tradicionais (e muito eficaz) poses de banda, como a formação “U”, a formação “V”, e qualquer outra coisa que coloque o membro principal na frente. Além disso, você tende a manter sua composição mais mesmo em ambos os lados como resultado.

No entanto, não deixe este fato torná-lo preguiçoso. Só porque você pode fazer uma foto tradicional, não significa que você deve torná-la sem graça! Afinal, você está fotografando bandas e artistas e nem sempre eles gostam de passar seriedade.

Dicas de bónus:

Costas retas! Preste atenção às costas e ombros do seu cliente. Se eles estão arqueados, endireite-os para que fiquem mais eretos porém sem parecer uma estátua.

Certifique-se de que não há nada nos bolsos de ninguém. Você vai me agradecer depois na hora da edição.

Não permita que a pose de alguém bloqueie uma parte fundamental do corpo de outra pessoa.

Preste atenção a como as poses lançam sombras sobre si mesmas e nas pessoas ao seu redor.

Conclusão

Em conclusão, todos os grandes ensaios fotográficos começam com uma compreensão profunda do que o seu cliente quer, precisa e vivencia. Não tenha medo de se divertir com ele, mantenha tudo legal, descontraído e acima de tudo-épico. Esta é a indústria da música, afinal!

Você tem alguma outra dica para adicionar a este guia para poses de bandas na fotografia? Se assim for, por favor, Compartilhe conosco no nosso grupo do Facebook.

Rating: 0 based on 0 Ratings
As duas guias a seguir alteram o conteúdo abaixo.
Caio Carvalho

Caio Carvalho

Apaixonado por arte, tecnologia e pela natureza, Caio encontrou na fotografia e vídeo uma forma de se expressar e nunca mais parou. Editor de fotos, fotógrafo e videomaker há quase 10 anos.

Comentários (0)

Ainda não há comentários.

Inscreva-me para um resumo semanal dos melhores artigos publicados no blog

Seu e-mail está seguro com a gente. Promessa