Como ser um fotógrafo melhor sendo uma pessoa melhor.

Rating: 0 based on 0 Ratings
Caio Carvalho
  Por Caio Carvalho
Como ser um fotógrafo melhor sendo uma pessoa melhor. www.lightroombrasil.com.br

Às vezes o que nos prende a carreia na fotografia não é uma falta do “know how” ou de lentes novas, e sim nào evoluindo como pessoa. Antes de tentar melhorar a sua fotografia com uma nova câmera ou lente, tente trabalhar em alguma parte fraca de sua personalidade. Uma vez que você melhora a si mesmo como uma pessoa, você fará muito melhor uso dessa nova câmera ou lente!

Se você é um amador ou profissional, aqui estão 10 problemas de personalidade para enfrentar o que podem ajudá-lo a crescer como um fotógrafo.

1. Deixe de preguiça

Se você sempre tem um sentimento irritante que você deveria estar realizando mais, então agora é a hora de fazê-lo. Em vez de ter mil idéias e não por nenhuma em prática, foque em alguma e siga até terminar.

É tão fácil ser preguiçoso. Esse é o perigo. Realizar grandes coisas leva trabalho, mas ser preguiçoso não.

Você pode passar horas observando fotos que outros fotógrafos fizeram, sempre cobiçando seus projetos. Ou, você pode sair do sofá para terminar um de seus próprios projetos.

Em pouco tempo, você vai olhar para trás e ver um rastro de trabalho realizado.

2. Não seja muito duro com você mesmo

Talvez você seja o oposto de preguiçoso. Talvez não consiga parar de trabalhar. Suponha que você está com muitos clientes e o tempo todo lotado, e sente um monte de culpa sobre a falta de tempo de estar com a sua família. Você deve parar de trabalhar um pouco e prestar atenção às outras coisas importantes da sua vida.

Quando você reserva mais tempo para os amigos e familiares e um pouco de tempo de inatividade, você vai crescer em sua criatividade e fazer coisas memlhores quando você voltar ao trabalho.

Expanda seus relacionamentos e experiências de vida e você trará uma versão muito mais profunda de si mesmo para o seu trabalho.

Diminua as horas que você trabalha eliminando as tarefas que não são essenciais a seus projetos ou negócio.

3. Organize-se

Comece a desordenar e simplificar a sua vida. Por exemplo, você simplesmente despeja todas as suas fotos em um disco rígido e esquece que elas estão lá? Você precisa organizar essas fotos e separá-las para cada função que elas podem exercer.

Tenha todas as suas fotos em um lugar organizado.

Se você é um fotógrafo de projeto, classifique-as por ano e pelo projeto.

Se você tirar um monte de fotos todos os dias ou a cada semana, eu recomendo classificá-los por data.

O sistema que eu uso é simples.

Todas as fotos entram em uma pasta mensal, as pastas mensais entram em uma pasta anual, todos os folders anuais vão em uma pasta principal etiquetada fotos.

Assim você terá acesso fácil a seus trabalhos e backup caso precise fazer um dia (e vai precisar).

4. Permita o caos

Talvez você tão certinho que não pode suportar qualquer caos.

Talvez você seja um fotógrafo que não suporta lidar com crianças ou pessoas com personalidades fortes. Você precisa sair de sua zona de conforto e abraçar um pouco de caos. Deixe as crianças correr como selvagens, talvez você vai notar alguns momentos lindos e sinceros quando você não está tanto no controle.

Em vez de meticulosamente planejar cada detalhe de sua vida, deixe algumas coisas ao acaso. Permita a espontaneidade surpreendente e veja onde isso o levará, não esqueça a câmera.

5. Seja simpático e educado

Sua boca não tem filtro? Você se vangloria de não se importar com os sentimentos das pessoas? Você está sempre irritado com seus clientes e não se importa de dizer-lhes isso?

Eu recomendo que você trabalhe em ser mais educado. Vai ser difícil, mas tente morder a língua de vez em quando.

Não seja um troll, deixando comentários desagradáveis sobre sites de fotografia. Quando você diz as coisas gentilmente, suas palavras podem ajudar alguém a melhorar a si mesmos. Falando mal a única impressão que você irá passar é de uma pessoa desagradável e quem receber a crítica se sentirá mal com isso, uns podem até se matar, cuidado! Pratique dizer uma coisa a cada cliente ou fotógrafo em sua vida que irá ajudá-los de alguma forma. Quando você aprende a ajudar os outros a crescer, você cresce também.

6. Não deixe que as pessoas pisarem em cima de você

Não entenda mal a natureza da bondade, deixando as pessoas se aproveitarem de você.

Se você já é um fotógrafo no mercado, você deve fazer as pessoas respeitarem o seu talento, tempo e preços. Seu trabalho vale algo (talvez mais do que você pensa).

Claro, você tem um coração de ouro. Mas acorde e veja que deixar as pessoas se aproveitarem de você não faz nada para ajudá-lo.

Quando as crianças adoecem ele sempre joga uma chave em nossos planos. Mas às vezes esses dias doentes são gateways para algo novo. Descobrimos algo mais de sua personalidade ou passar o dia lendo livros ou ouvir histórias juntos. Às vezes, quando algo estraga nossos planos, leva a algo melhor.

7. Seja voluntário

Se você sabe que a compaixão é um ponto fraco para você, então você deve voluntariar suas habilidades de fotografia. Sair e trabalhar de graça, abençoando uma família ou instituição de caridade que ficaria emocionado com a sua oferta para ajudar. Você pode até desfrutar da experiência!

8. A compaixão tem alguns limites

Muitos fotógrafos sofrem Burnout em seu negócio de fotografia. Uma das principais razões é que eles cobram muito pouco para seus serviços. Quando você cobra muito pouco, você tem que trabalhar muito para ter uma vida decente. Você vai se esgotar.

Cobrar um preço que é justo para você e seu cliente, não apenas justo para eles. Não sinta como se você tivesse que dar a todos descontos. E não escute aqueles poucos que lhe dirão que seus preços são demasiado elevados.

Balance um bom negócio e sua própria fotografia com alguma compaixão para aqueles que estão realmente em necessidade.

9. Aprenda a aceitar o stress

Você se encontra constantemente reclamando ou querendo chorar estressado?

Você precisa aprender a aceitar as coisas difíceis mais graciosamente. Pode não ser fácil. Quando tudo em você quer estalar, a contenção deve tomar a força.

Comece compreendendo que nem por tudo vale a pena surtar. Muitas vezes, seus sentimentos iniciais tomarão força, e isso se torna um hábito.

Quando você sentir esses sentimentos voláteis chegando, pare e pense sobre eles. Esta é a melhor atitude?

Afaste-se de situações dramáticas e espere para responder quando você estiver em paz.

Vai ser muito mais fácil lidar com a crítica da suas fotografias, clientes difíceis e assuntos indisciplinados.

10. Reconheça que às vezes suas emoções o enganam

Apetece-te chorar ou vomitar quando achas que um cliente te deu o cano, ou disse que odiou o trabalho?

É difícil receber más notícias. Mas e se você pudesse receber essa notícia sem o dilúvio esmagador de emoções negativas ? Você pode ficar em paz com os clientes mais facilmente quando suas emoções não estão furiosas. Às vezes a situação não é nem metade do ruim como suas emoções estão dizendo.

Acalma-te antes de falares com clientes ou pessoas que te chateiem. Você pode superar essas emoções esmagadoras que podem acabar com a sua carreira num piscar de olhos.

Bom pessoal, espero que tenham gostado dessas dicas, melhorar como ser humano nunca é demais, não importa o seu trabalho, ele fluirá melhor se você praticar essas pequenas dicas, até breve!

Rating: 0 based on 0 Ratings
As duas guias a seguir alteram o conteúdo abaixo.
Caio Carvalho

Caio Carvalho

Apaixonado por arte, tecnologia e pela natureza, Caio encontrou na fotografia e vídeo uma forma de se expressar e nunca mais parou. Editor de fotos, fotógrafo e videomaker há quase 10 anos.

Comentários (0)

Ainda não há comentários.

Inscreva-me para um resumo semanal dos melhores artigos publicados no blog

Seu e-mail está seguro com a gente. Promessa