Como melhorar a sua auto-confiança na fotografia

Rating: 4.50 based on 2 Ratings
Caio Carvalho
  Por Caio Carvalho
Como melhorar a sua auto-confiança na fotografia www.lightroombrasil.com.br

Todas as pessoas criativas sofrem com altos e baixos na sua confiança. Faz parte! Como evitar viver um mergulho de experiências e pensamentos monótonos e transformar isso em confiança e  inspiração?

Neste artigo, vou dar algumas idéias simples que podem ajudar a aumentar a sua auto-confiança quando você está lutando para ser criativo em sua fotografia.

1. Pare de se concentrar no que você não pode fazer

Embora seja super importante saber onde seja a sua fraqueza para que você possa melhorar, não se concentre nela.

Nossas mentes podem rapidamente cair na negatividade esmagando a criatividade quando focamos nas coisas que nós não podemos fazer. Pode ser uma lente que você queria, ou uma modelo, ou até mesmo sua habilidade em encontrar quadros. Se você for super autocrítico (como eu sou), então pare, pense! A autocrítica é bem vinda na evolução, porém o exagero dela pode acabar com você e isso pode levá-lo até a largar a fotografia de mão, como já vi muitas pessoas fazerem.

Agora comece a olhar para suas fotos e pensar em todas as coisas que te fazem sentir-se bem, qualquer elogio que as pessoas podem ter dito sobre elas, ou apenas coisas que você gosta nelas. Construa a partir daí.

Quando você está se sentindo bem sobre a sua criatividade, você vai ser muito mais aberto quando sair para fotografar. Você estará menos focado em si mesmo e muito mais focado no mundo. Esse é o jeito certo de ser, não pensando em você mesmo (ego), mas engajado e conectado com o mundo ao seu redor. Isso é quando você vai realizar fotos impressionantes.

2. Todos nós temos uma história para compartilhar

Eu sei que muitas pessoas pensam que não têm nada de novo ou interessante para adicionar ao mundo, porque tudo já foi dito e feito. Isso é errado. Cada pessoa tem uma história única e uma maneira única de olhar para as coisas – independentemente de como ela se expressa – através da escrita, fotografia, ciência, música etc.

Mas se você não está fazendo boas fotos, então a minha primeira pergunta para você é, você está fotografando algo que você goste?

Você está fotografando sem sentir nenhuma satisfação própria?

“Se você quer ser um fotógrafo melhor, fique na frente de coisas mais interessantes.”-Jim Richardson

Quanto mais você aprimorar o que faz sua inspiração explodir, mais suas idéias, suas histórias, suas fotos serão únicas e interessantes para os outros.

O que eu encorajo é escolher um assunto que você seja apaixonado e trabalhar no desenvolvimento até começar a obter fotos que você fique realmente satisfeito. Poderia ser formas abstratas em preto e branco, fotos de arquitetura, paisagens, plantas, etc.

3. Mate o perfeccionismo

Uma das principais maneiras de esvaziar a sua confiança é se envolver na tentativa de ser perfeito; tentar ter o kit perfeito, esperar o assunto perfeito e ainda ser perfeito em sua execução. O perfeccionismo pode até ajudar em algumas etapas mas…

“O perfeccionismo não é uma busca para o melhor. É uma perseguição do pior em nós mesmos, a parte que nos diz que nada que fazemos nunca será bom o suficiente – que devemos tentar novamente. “– Julia Cameron

Quando você está trancado na mentalidade perfeccionista você para de fazer e começa a analisar em excesso. Você espera por condições perfeitas, em vez de apenas começar com o que você tem disponível. Começar, tentar o seu melhor, mas sem esperar que tudo saia perfeito é a melhor maneira de mover a sua energia e começar a criar fotos melhores.

4. A fotografia é uma viagem

Minhas fotografias de 5 anos atrás são bem diferentes das de agora. Embora o meu estilo seja semelhante, a complexidade das minhas imagens intensificaram-se à medida que eu envelheci, experimentei mais e, obviamente, fiz milhares de todos os tipos de imagens.

Estamos todos em uma jornada com a nossa criatividade, estamos desenvolvendo cada um na sua velocidade e todos nós fazemos isso de maneiras diferentes. A coisa mais importante para mim é desfrutar de onde estou agora, e apreciar o que estou fotografando – caso contrário, qual seria a razão?

Tente sair de casa para fotografar como você começa uma meditação, deixe a mente em branco e a inspiração virá com o momento. Não apresse o processo, divirta-se!

5. Crie por criar

Crie apenas pelo puro prazer de fazê-lo. Não é um meio para um fim, é um belo fim em si mesmo. Crie para ninguém, crie apenas para si mesmo! Você ficará impressionado com o que você pode realizar se fazer isso constantemente.

6. Não Pare

“A inspiração existe, mas terá que encontrá-la trabalhando.” – Pablo Picasso

Tantas vezes eu senti que não iria conseguiria boas fotos em algumas situações, mas eu fui independentemente, muitas vezes porque eu era obrigado.

Mas de repente algo poderia levantar o seu humor; algo simples como uma luz bonita, por exemplo. Ou as vezes você acha que não tirou nenhuma foto boa, e quando vai ver na hora de editar você tem várias imagens que valeram a pena a saída.

Não pare, você nunca sabe o que vai aparecer na próxima esquina.

7. Não deixe nada pra depois

É tão fácil se perder em nossas mentes e nossos modos de não acreditar em nós mesmos. Eu acho que a raiz da procrastinação é geralmente uma falta de crença em nossas habilidades, uma falta de crença em nós mesmos.

Vamos pensar dessa maneira, você só tem uma vida, e durante ela nenhum dia se repete. Não desperdice tempo em pensamentos negativos. Você pode fazer coisas extraordinárias – todos nós podemos. Nós somos criadores, fabricadores de idéias, forjamos novidades a partir de nada o tempo todo.

E por último mas não menos importante: Divirta-se!

Espero que essas idéias possam ajudá-lo a obter um pouco mais de liberdade de expressão na sua fotografia. Dê sua opnião e não esqueça de curtir e compartilhar se tiverem gostado. Até o próximo artigo!

Rating: 4.50 based on 2 Ratings
As duas guias a seguir alteram o conteúdo abaixo.
Caio Carvalho

Caio Carvalho

Apaixonado por arte, tecnologia e pela natureza, Caio encontrou na fotografia e vídeo uma forma de se expressar e nunca mais parou. Editor de fotos, fotógrafo e videomaker há quase 10 anos.

Comentários (0)

Ainda não há comentários.

Inscreva-me para um resumo semanal dos melhores artigos publicados no blog

Seu e-mail está seguro com a gente. Promessa