Como fotografar paisagens minimalistas

Rating: 0 based on 0 Ratings
Caio Carvalho
  Por Caio Carvalho
Como fotografar paisagens minimalistas www.lightroombrasil.com.br

Gosta de fotografar paisagens minimalistas? Aqui vào 8 super dicas para você conseguir ótimas imagens!

1 – Melhores locais

A localização é indiscutivelmente a coisa mais importante a considerar. Certos lugares funcionam com a fotografia minimalista mais do que outros. É possível criar minimalismo quase em qualquer lugar com a lente certa e uma boa seleção de composição. Mas visitar locais mais remotos lhe dará mais opções.

Áreas costeiras – as áreas costeiras oferecem um céu limpo, e um primeiro plano claro. Ambos úteis quando você está criando algo minimalista.

Desertos – semelhante às zonas costeiras, a esparsidade dos desertos produz diversas paisagens minimalistas.

Montanhas- as montanhas também têm características minimalistas em potencial. Não é tão ideal como áreas costeiras e desertas, mas você ainda vai encontrar bons locais nelas também.

2. Componha suas paisagens minimalistas sem elementos extras

Como mencionado anteriormente, a fotografia minimalista é uma arte de subtração. Este conceito pode prontamente ser aplicado à composição minimalista de paisagem. Você deve remover quantos elementos indesejados puder para manter a foto mais aberta possível.
Visitando o local certo vai ajudar muito, como você não precisa lidar com muitos elementos indesejados em primeiro lugar. Mas existem alguns truques de composição que ajudarão também.

3 – Use uma lente grande angular

Uma das melhores lentes para a fotografia de paisagem minimalista é a grande angular, mas você precisa estar no local certo. Usar este tipo de lente em um ambiente urbano ocupado, por exemplo, será desafiador quando se trata de produzir minimalismo. Para aproveitar o máximo desta lente basta escolher um ambiente que em si é mínimalista. Evite ter que se desviar de objetos que possam chamar a atenção demais.
Uma foto minimalista precisa de um assunto forte para jogar fora esses contra espaços negativos embora. Com a lente grande angular que você precisa estar em um local onde você possa ficar fisicamente perto o suficiente do seu assunto principal.

4. Use lentes com comprimentos focais longos

Minimalismo também é possível com uma lente que tem um comprimento focal mais longo. Usar comprimentos focais mais longos permite que você comprima uma cena, concentrando-se em uma parte dentro da cena.

Isso significa que com esse tipo de lente é mais fácil criar minimalismo, mesmo se o local que você está fotografando é geralmente desordenado. O truque é escolher um painel interessante o suficiente. Escolha um bom ponto focal e vá em frente.

Ao contrário da lente grande angular, você poderá fotografar seu assunto principal de alguma distância afastado. Um comprimento focal mais longo combinado com uma grande abertura também permitirá que você desfoque o fundo e crie maior sensação de minimalismo em algumas cenas.

5. Experimente paisagens minimalistas aéreas

Uma ótima maneira de obter uma paisagem minimalista é fotografar de cima. Nem sempre você precisa fotografar a partir de uma janela de avião, ou mesmo contratar um helicóptero.
Agora os drones oferecem-lhe este ponto de vista único, ferramenta muito útil para qualquer fotógrafo de paisagem.

Nem sempre você precisa de um Drone para isso!

Mais uma vez, você precisará encontrar uma boa localização para usar seu drone. Se a área que você está fotografando de cima tem muitas características, será difícil de alcançar o minimalismo .

6. Escolha um ponto de foco marcante

Dentro de sua foto paisagem minimalista, o ponto focal vai ser a chave da imagem. Isso porque você provavelmente removerá todos os outros elementos. Um assunto principal realmente precisa contar uma história.

Você também precisará encontrar um assunto principal que seja remoto, sem coisas em torno dele. Recorde que você precisa incluir completamente uma área grande em torno do assunto principal.

7. Menos cores, mais sensação de minimalismo

Além de remover objetos extras e edifícios do seu quadro, você também pode tentar reduzir o número de cores. A razão pela qual uma foto em preto e branco de alto contraste tem uma qualidade minimalista é precisamente por causa da falta de cores.

Se fotografar uma cena que contém duas ou três cores  você vai perder a sensação de minimalismo. Uma imagem que contenha o céu azul, um primeiro plano da grama verde, e uma árvore funcionaria bem.

8. Use exposições longas

A longa exposição é uma ótima técnica para combinar com o minimalismo. Ela pode ser usada em diversos locais onde você fotografaria uma paisagem minimalista. Ela também pode adicionar minimalismo de suas fotos. Para criar fotos de longa exposição com paisagens, você vai precisar de um tripé. Se você está fotografando durante o dia você provavelmente também vai precisar de um filtro ND. Principalmente em áreas costeiras, onde a exposição longa pode alisar superfícies como a da água ou das nuvens, criando um véu. Isso fica muito legal em imagens minimalistas, apesar de já ter virado quase um clichê.

Conclusão

A fotografia de paisagem é popular entre muitos fotógrafos, e muitos visam o minimalismo em seu trabalho. O artigo de hoje dá-lhe uma idéia de como você pode combinar estas duas áreas da fotografia eficazmente em uma imagem.

Você gosta de fotografar paisagens minimalistas? Que abordagens você usa para obter resultados bem-sucedidos? Espero que tenham gostado destas dicas e que elas te ajudem a criar lindas imagens minimalistas. Compartilhe elas conosco no nosso grupo do facebook.

Rating: 0 based on 0 Ratings
As duas guias a seguir alteram o conteúdo abaixo.
Caio Carvalho

Caio Carvalho

Apaixonado por arte, tecnologia e pela natureza, Caio encontrou na fotografia e vídeo uma forma de se expressar e nunca mais parou. Editor de fotos, fotógrafo e videomaker há quase 10 anos. @caiocarvalhofoto

Comentários (0)

Ainda não há comentários.

Inscreva-me para um resumo semanal dos melhores artigos publicados no blog

Seu e-mail está seguro com a gente. Promessa