A receita criativa que não pode faltar no seu workflow ao fotografar.

Rating: 5.00 based on 1 Rating
Caio Carvalho
  Por Caio Carvalho
A receita criativa que não pode faltar no seu workflow ao fotografar. www.lightroombrasil.com.br

Quando olhamos nossas fotos às vezes e pensamos, “está faltando alguma coisa”. Fotógrafos iniciantes que não têm certeza do que fazer sentem-se assim diversas vezes. Mas isso não é exclusividade de quem está apenas começando.

Às vezes, olhar para os elementos mais básicos de sua foto pode ajudá-lo muito.

Eu tenho uma lista de verificações mentais que eu uso para me ajudar a fazer a melhor foto que posso. Quando eu revejo minhas fotos eu uso esta lista de verificação para perguntar o que eu poderia ter feito melhor.

Tanto faz se você é um fotógrafo iniciante e está tentando desenvolver seu estilo ou um fotógrafo experiente querendo formatar o seu estilo estagnado, aqui vai uma receita para fazer mudanças dramáticas em suas fotos.

Momento, Composição e Luz

Todos os três destes ingredientes estão presentes em cada foto que você faz, o resultado é apenas uma questão do que você faz com eles. Comece por entender o momento que você está fotografando e, em seguida, construa a sua composição e brinque com a luz.

Vamos observar o momento, composição e luz separadamente, mas eu vou identificar todos os três para vocês entenderem melhor.

Momento

A maioria das pessoas concordaria que o momento é a parte mais importante de qualquer foto. As deficiências em sua foto nem serão notadas se o momento for forte o suficiente.

Primeiro, comece considerando qual tipo de momento você está prestes a fotografar. A primeira pergunta a fazer é se o momento é aquele que você tem controle (natureza morta, fotografia de comida ou retratos em estúdio) ou se está acontecendo naturalmente (momentos sinceros, Fotojornalismo, estilo de vida ou fotografia de rua)?

Se é um momento natural ou preparado, há umas perguntas mais adicionais a fazer. Esse momento pode ser embalado com ação (esportes), ou emoção (eventos) ou mistério (retratos).

Você pode ir ainda mais fundo no momento. Quando o ambiente ou fundo desempenham um papel, o momento pode ser uma época, uma hora do dia, ou uma tempestade repentina.

Alguns tipos de momentos para procurar:

  • Natural
  • Preparados
  • Ação
  • Emoção
  • Mistérios
  • Estágios da vida
  • Hora do dia
  • Estações

O tipo de momento que você está fotografando influenciará na sua decisão sobre a composição e a luz que irá utilizar.

Composição – especialmente ângulos

Composição refere-se a tudo o que sua foto compôe. O que significa que não importa qual parte da foto que você está discutindo, tudo é composição. No entanto, os fotógrafos costumam usar o termo composição para se referir a um tipo específico de elemento, como ângulo, fundo, enquadramento, simetria, linhas, centralização, regra de terços, etc. Assim, mesmo que o momento e a luz são tecnicamente parte da composição da foto, eles costumam ficar por conta própria.

Vamos ver sobre ângulos, porque você deve usar um ângulo em cada foto, enquanto outros elementos, tais como linhas, simetria, ou regra de terços pode não ser possível ou desejável em toda foto.

Os ângulos são fáceis de aprender e divertidos de usar. Para alterar o ângulo que você simplesmente precisa mover a sua câmera para cima, para baixo ou girar horizontalmente da esquerda para a direita.

Há cinco ângulos verticais a escolher, e cada um muda o olhar e a sensação da foto. Você deve escolher o seu ângulo com base no tipo de momento que você está fotografando.

Visão Aérea – quando você estiver alto e olhando para baixo (Drones, ou do alto de algum objeto).

Alto ângulo – como um adulto olhando para os seus filhos (fotos preparadas ou momentos emocionais).

Nível dos olhos – no mesmo nível que a coisa que você está fotografando (momentos emocionais ou de ação).

Baixo ângulo – como uma criança olhando para o mundo dos adultos (momentos de ação).

Visão de inseto (Bug Eye) – olhando para cima de baixo no chão. (momentos dramáticos).

Experimente com ângulos e em breve você irá aprender qual funciona melhor para você em cada situação.

Escolha o seu ângulo bem e, em seguida, preencha a sua composição com outros elementos para desenhar o estilo. Tente espaço negativo (também com retratos), centralização, preto e branco, silhuetas, linhas, enquadramento e outras abordagens exclusivas.

Luz

Haverá todos os tipos de momentos que você compôe em suas imagens. Você responde a esse momento com sua composição, dando significado ao momento. Finalmente, você faz o seu melhor com a luz disponível para capturar o momento da melhor forma possível.

Às vezes você pode controlar a luz (Estroboscópios, flash da câmera, ou luz da janela). Na maioria dos outros casos, você não pode controlar a luz. Mas não importa a luz que você tem, você sempre poderá modificá-la com scrims e refletores.

Alguns aspectos da luz devem ser decorados na sua mente, porque eles afetam dramaticamente a sua foto.

Cor

A maioria das luzes tem uma cor. Talvez seja uma luz branca comum, ou talvez esteja sendo refletida em uma superfície colorida. Considere a temperatura da luz. É quente ou fria?

Qualidade

A qualidade da luz também e importante, recorde que uma fonte luminosa maior produzirá a luz mais macia quando uma fonte luminosa menor produzirá uma luz áspera ou dura.

Assim, uma grande janela é uma fonte de luz suave, enquanto uma lâmpada produz luz dura. Os fotógrafos usam umbrellas e softboxes para tornar a fonte de luz maior e produzir uma luz mais suave.

Um céu nublado é uma fonte de luz suave, enquanto o sol do meio dia é uma fonte de luz dura.

Direção

Seja qual for a cor e a qualidade da luz, ele sempre será proveniente de uma determinada direção. A direção da luz muda a sensação de sua foto. Há muito a aprender sobre a luz, mas tenha em mente estes três grandes elementos:

Temperatura, cor / qualidade (intensidade) e direção.

Nenhum dos três ingredientes principais são opcionais, mas eles estarão em todas as fotos. A questão é o que você faz com eles e como eles afetam sua foto.

Haverá sempre um ângulo (e muitos outros elementos de composição) diferentes a escolher, escolha um que faça o momento se destacar melhor! Mas nada disso terá um bom resultado se você nào encontrar a luz certa para aquela composição/momento.

Bom pessoal, espero que tenham gostado dessas dicas e até o próximo!

Caso queira se aprofundar no assunto criatividade indicamos esses artigos: Dicas de Composição ao Ar Livre, Como incorporar Pessoas em suas Cenas e claro não deixe de conhecer o nosso workflow Milhas e Memórias que é perfeito para esse tipo de construção com a composição.

 

Rating: 5.00 based on 1 Rating
As duas guias a seguir alteram o conteúdo abaixo.
Caio Carvalho

Caio Carvalho

Apaixonado por arte, tecnologia e pela natureza, Caio encontrou na fotografia e vídeo uma forma de se expressar e nunca mais parou. Editor de fotos, fotógrafo e videomaker há quase 10 anos. @caiocarvalhofoto

Comentários (0)

Ainda não há comentários.

Inscreva-me para um resumo semanal dos melhores artigos publicados no blog

Seu e-mail está seguro com a gente. Promessa