4 Dicas para fazer boas fotos de paisagens em preto e branco

Rating: 5.00 based on 1 Rating
Caio Carvalho
  Por Caio Carvalho
4 Dicas para fazer boas fotos de paisagens em preto e branco www.lightroombrasil.com.br

A fotografia de paisagens em preto e branco é bastante popular, muitos fotógrafos escolhem trabalhar em monocromático para fotografar paisagens, e alguns de nossos maiores ídolos da fotografia usam e abusam desse gênero. Mas trabalhar em preto e branco é diferente de trabalhar em cores. Leva tempo e prática para desenvolver o seu olho para o preto e branco. Estas dicas irão ajudá-lo a criar melhores fotos de pasiagem em preto e branco.

1. Saiba as cenas que funcionam bem em preto e branco

Com fotos de paisagem coloridas, você pode confiar na força da cor para criar drama e interesse. A chave da boa fotografia de paisagem colorida é encontrar uma cena dramática e fotografá-la na melhor luz possível. É por isso que tantas fotos de paisagem coloridas são feitas durante a hora dourada ou logo após o pôr do sol.

Preto e branco é diferente. Sem cor, você tem que trabalhar mais para criar composições fortes. Você precisa aprender a procurar os blocos de construção da composição fotográfica, como linhas de liderança, formas, padrões, contraste tonal e textura. Realmente, o que você está aprendendo a fazer é ver em preto e branco.

Você pode educar-se sobre a fotografia de paisagem preto e branco, olhando para o trabalho de mestres como Ansel Adams e o nosso querido Sebastião Salgado, que trabalham predominantemente em preto e branco. Também procure por fotógrafos especializados em sites como o 500px.

Quando você olhar para o seu trabalho deles, pergunte-se por que suas fotos de paisagem preto e brancas são tão dramáticas e poderosas? Em que luz eles estão fotografando? Que técnicas fotográficas usaram? Como eles abordam a composição? As respostas vão te ensinar muito sobre a fotografia a preto e branco.

2. Procure por textura e contraste tonal

Eu falei sobre isso na dica anterior, mas eu quero enfatizá-los aqui, porque eles são tão importantes.

O contraste tonal é o termo usado para descrever as variações de brilho entre diferentes partes da imagem. Se você pensar sobre o tipo de coisas que aparecem em fotos de paisagem – penhascos, rochas, grama, árvores, montanhas, mar e objetos feitos pelo homem como cais e molhes – todos eles têm texturas distintas.

3. Fotografe no modo preto e branco

Um dos benefícios de trabalhar com câmeras digitais é que eles podem ajudá-lo a aprender a ver em preto e branco. Tudo que você tem a fazer é definir a sua câmera para o modo preto e branco (monocromático). Em seguida, veja a cena em preto e branco no Live View da câmera em tempo real.

Isso ajuda você a ver em preto e branco, sem ser distraído pela cor. É útil porque torna mais fácil ver o contraste tonal, a textura, as linhas, formas, padrões e a luz.
Não se esqueça de definir a sua câmera para fotografar em formato RAW. Arquivos RAW contêm todas as informações capturadas pelo sensor da sua câmera, assim você terá a liberdade de processar as imagens em cores, se você quiser, mesmo se você inicialmente fotografar em modo preto e branco.

4. Aprenda a usar filtros de densidade neutra

Filtros de densidade neutra são a arma secreta do fotógrafo da paisagem. Eles bloqueiam parcialmente a entrada de luz na lente.

Para entender por que eles são tão úteis vamos pensar sobre as configurações típicas usadas para uma foto de paisagem. Primeiro de tudo, você definiu o seu ISO tão baixo quanto possível para a melhor qualidade de imagem (ISO 100 ou 200 na maioria das câmeras). Em seguida, você define uma abertura que garante que tudo na cena está em foco, evitando as aberturas menores em sua câmera por causa da perda de nitidez. A maioria das fotos de paisagem são tiradas em torno de f/11 ou f/16.

Com essas variáveis definidas, a velocidade do obturador depende do nível de luz ambiente. Na luz solar brilhante, pode ser em torno de 1/125 segundo. Com pouca luz, pode ser tão baixo quanto 1/2 por segundo. Mas e se você quer usar uma velocidade de obturador mais lenta para um efeito criativo? Como captar o movimento da água ou das nuvens. Você irá precisar do filtro de densidade pois vai ser difícil conmseguir uma exposição correta usando um obturador com 1 segundo por exemplo. Para evitar que saia tudo branco, use um filtro de densidade neutra e aproveite o melhor que as fotografias de longa exposição preto e branca pode te oferecer.

5. Use o painel HSL para trabalhar com a saturação e luminância das cores

Dentro do Lightroom, a melhor maneira de criar um belo preto e branco é tirando a saturação das cores individualmente. Assim você pode trabalhar com a luminância delas para criar mais contraste entre os objetos de cores diferentes na imagem em preto e branco. Como clarear o azul do mar e escurecer o verde por exemplo.

Bom pessoal, espero que tenham gostado dessas pequenas dicas e que elas te ajudem a criar fotos de paisagem em preto e branco fantásticas! Até o próximo tutorial.

Aproveite também o nosso workflow Essenciais Para Preto e Branco que irá te ajudar na edição de suas fotos preto e branco com apenas alguns clicks.

Rating: 5.00 based on 1 Rating
As duas guias a seguir alteram o conteúdo abaixo.
Caio Carvalho

Caio Carvalho

Apaixonado por arte, tecnologia e pela natureza, Caio encontrou na fotografia e vídeo uma forma de se expressar e nunca mais parou. Editor de fotos, fotógrafo e videomaker há quase 10 anos. @caiocarvalhofoto

Comentários (0)

Ainda não há comentários.

Inscreva-me para um resumo semanal dos melhores artigos publicados no blog

Seu e-mail está seguro com a gente. Promessa