10 Dicas para o seu primeiro ensaio fotográfico de família

Rating: 0 based on 0 Ratings
Caio Carvalho
  Por Caio Carvalho
10 Dicas para o seu primeiro ensaio fotográfico de família www.lightroombrasil.com.br

Boas fotografias de um ensaio de retratos em família serão estimadas por muitos e muitos anos. É uma área incrivelmente gratificante da fotografia, mas também pode ser um pouco assustadora para novos fotógrafos. Você precisa construir um relacionamento com a família rapidamente, manter as crianças a bordo, e atender as expectativas dos pais com fotografias lindas.

Então, por onde começar? Quais configurações de câmera você deve escolher?

Aqui estão alguns pontos de partida importantes para fazer seu primeiro ensaio correr tranquilo e para ajudá-lo a fazer grandes retratos de família.

1. Equilibre o seu nível

Desça ao nível dos olhos das crianças. Isso deixará as fotos mais envolventes, bem como o ajudará a interagir melhor com as crianças.

2. Use o foco do ponto central

Diferentes configurações de foco atendem diferentes fotógrafos, mas foco de ponto central tende a ser o mais útil para retratos de família. À medida que você tirar mais e mais retratos de família, você saberá se é o ideal para você, mas é um ótimo ponto de partida para sua primeira sessão. Caso tenha só uma pessoa na foto vale a pena colocar o ponto de foco no olho mais próximo dela.

3. Escolha uma abertura apropriada

Suas configurações de abertura serão influenciadas pelo estilo que você preferir. Muitos fotógrafos de família e estilo de vida optam por fotografar aberto para retratos individuais (f/2.2 funciona muito bem), e em torno de f/5.6 para fotos de grupo para garantir que todos estão em foco.

4. Escolhendo a velocidade do obturador

Você provavelmente vai encontrar-se precisando de uma velocidade de obturador ligeiramente mais rápida para retratos de família do que você precisa para muitos outros tipos de retratos. As crianças se movem rápido, e às vezes imprevisívelmente! Um bom ajuste para começar com é 1/250 s, que lhe dará a flexibilidade para as crianças se movimentando. Se você tem uma situação em que alguém está se movendo muito rápido, como uma criança pulando ou correndo, escolha uma velocidade muito mais rápida do obturador como 1/1000 s.

5. Use o ISO automático

Enquanto você está se familiarizando com as aberturas e velocidades do obturador que trabalham para você em sessões de retrato de família, considere definir o seu ISO para automático. Os resultados são geralmente satisfatórios, e é menos uma coisa a se pensar no dia. A medida que você ganhar experiência e confiança, você pode começar a selecionar o ISO como você vai junto. Caso sua câmera não sustente um ISO mais alto, lembre-se de escolher o valor máximo que você quer que seu ISO chegue nas configurações da sua câmera.

6. Modalidade de medição

Certas opções de medição parecem se adequar a alguns fotógrafos melhor do que outros. À medida que você fizer mais retratos de família, em breve você verá qual funciona melhor para você. Para começar, tente usar a medição pontual para retratos individuais e a medição avaliativa para uma captura de grupo. Caso esteja em algum modo automático ou de prioridade  e precise de um rápido ajuste você sempre tem a compensação de exposição para consertar.

7. Use o formato RAW

As opções de edição abrem significativamente no Lightroom, e você terá uma gama muito maior de cores e detalhes gravados se você usar o formato RAW.

8. Balanço de branco automático

Defina o seu equilíbrio de branco para auto se você estiver fazendo uma filmagem local. Você estará trabalhando em uma variedade de locais com iluminações diferentes, e você não terá muito tempo para definir o equilíbrio de branco enquanto muda de local. Corrigir o equilíbrio de branco é fácil no Lightroom, desde que você tenha usado o formato RAW, não será um problema acertar o balanço de branco depois.

9. Escolha suas lentes

Considere quais lentes levar com você para a sessão de retrato de família. Se o seu orçamento não permitir ter várias lentes, considere alugar alguma. Pode ser surpreendentemente econômico, e lhe dará a oportunidade de experimentar diferentes distâncias focais para ver qual o melhor funciona para você.

Usar várias lentes ao longo de uma sessão de retrato de família vai lhe dar muita variedade nas imagens, bem como o que significa que você pode lidar com a maioria dos tippos de local. Uma lente de zoom como uma 24-70mm lhe dará muita flexibilidade, ou uma lente Prime popular para retratos de família é uma lente de 85 milímetros, que é muito lisonjeira para retratos. Uma lente larga como um 35mm pode ajudá-lo-á a ajustar as pessoas à cena.

Eu gosto de ter pelo menos uma lente zoom, uma fixa e uma grande angular.

10. Defina limites

Limite-se a tomar cinco imagens diferentes de cada cena. Isso vai treinar seu olho para ver melhor os detalhes e expressões que você deseja capturar e chegar a um resultado final exatamente como você preveu.

Conclusão

Espero que esses 10 pontos de partida ajude você a ficar preparado para trabalhar duro e aprimorar suas habilidades de câmera. Assim você vai fazer melhores retratos a cada sessão e quando menos esperar já estará fazendo fotos sensacionais de famílias que serão guardadas por eles pro resto de suas vidas.

Rating: 0 based on 0 Ratings
As duas guias a seguir alteram o conteúdo abaixo.
Caio Carvalho

Caio Carvalho

Apaixonado por arte, tecnologia e pela natureza, Caio encontrou na fotografia e vídeo uma forma de se expressar e nunca mais parou. Editor de fotos, fotógrafo e videomaker há quase 10 anos. @caiocarvalhofoto

Comentários (0)

Ainda não há comentários.

Inscreva-me para um resumo semanal dos melhores artigos publicados no blog

Seu e-mail está seguro com a gente. Promessa